Bem-vindos!

Toda noite, antes de dormir, penso em vocês, e programo algo bem bonito para postar. Assim, vou dormir feliz, com pensamentos bons.
No dia seguinte, após acordar e fazer o que costumamos fazer nas manhãs, sento-me e posto algo bem bonito para vocês.
Assim, meu dia começa bem!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

A mágica da infância

Bom dia!
 Minha mãe colecionava xicrinhas e canequinhas. Lindas! ficavam em uma vitrine na copa. E permitia que eu as pegasse, o que acontecia, geralmente, em dia de limpeza. Havia uma dourada que podia servir para minhas bonecas! outras de linda estampa.. Mas, as preferidas eram duas japonesas, pois elas eram mágicas, que nem teatro das sombras, que nem cinema!
Externarmente, sua porcelana finíssima como uma folha de papel mostrava dragões ou pássaros em contornos dourados, mas, por dentro, sua brancura, se vista contra a luz.. Oh! mostrava o rosto de jovens japonesas!!
Como era possível?


O tempo passou, minha mãe já se foi há quase 7 anos. Seus objetos foram repartidos pelas três filhas e primas com carinho. A coleção ficou para uma de minhas irmãs . Porém eu queria aquelas xicrinhas. Só havia uma, já quebrada, colada, mostrando por quanto havia passado, descuidos e simples sinais de envelhecimento. Mas, lá no fundo, sua alma continua intacta, e a jovem aparece! Assim, um pouco como eu.

4 comentários:

  1. Angela,
    Eu tenho uma pireszinho de porcelana chinesa pintado a mão (com alto relevo e tudo), azul e branco. Uma antiquíssima, pequenina e delicada parte que me coube do "latifúndio". :-) Bjks

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo post amiga, que recordação linda, não conhecia essas xicarazinhas. Que linda. Bela recordação, guarde com carinho como guardou até hoje. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Maravilhosa recordação!
    Sou apaixonada com xícaras de porcelana.

    Ótimo dia para você!

    Abraços,
    Karine

    ResponderExcluir
  4. são peças do passado, sempre imagino o quanto viveram!

    ResponderExcluir